O apartamento de Coco Chanel

“Fashion is not something that exists in dresses only. Fashion is in the sky, in the street, fashion has to do with ideas, the way we live, what is happening.” Coco Chanel

“A moda não é algo que existe apenas nos vestidos. Moda está no céu, na rua, moda tem a ver com idéias, a maneira como vivemos, o que está acontecendo.” Coco Chanel

Coco Chanel morava no Hotel Ritz em Paris, mas sua maison de couture e apartamento tinham outro endereço, Rua Cambon 31 em Paris. São quatro andares: a loja Chanel é no nível da rua, provadores haute couture estão no segundo andar, o apartamento é no terceiro, e sua oficina era na quarto. O telhado do edifício é dito ter algumas das melhores vistas de Paris.

As fotos acima mostram a sala de Coco Chanel e um lustre com os característicos 5 e C.

Abaixo está uma foto da escada em espiral espelhada facetada projetada por Coco Chanel. A escada liga todos os quatro andares do imóvel e permitia que  ela se posicionasse em um ponto e ver o que acontecia nos outros andares.

Na foto abaixo você pode ver as telas chinesas – Coromandel screens – que ela dividou e usava como papel de parede. Dispõem de sua flor favorita, a Camellia, que era muitas vezes utilizados em seus projetos.

Uma tela de Coromandel consiste de painéis de madeira dobrável revestida em laca preta ou escura geralmente esculpidas e, por vezes decorado com jade, pedras semi-preciosas, casca, ou porcelana. Embora estas telas tenham sido feitas provavelmente no norte ou centro da China durante o período Kangxi (1661-1722) da dinastia Qing, elas ficaram conhecidas pelo nome Coromandel, mesmo nome da região da costa da Índia onde eram embarcadas para a Europa no final de 17 e início do século 18 por comerciantes Ingleses e Franceses.

Coco Chanel era famosa por possuir mais de 32 telas de Coromandel que decoravam seu apartamento 31 rue Cambon, em Paris. Em algumas cômodos, ela aplicou-as às paredes como papel de parede. “Eu amei telas chinesas desde que eu tinha 18 anos de idade … eu quase desmaiei de alegria quando, entrando em uma loja de chineses, vi um Coromandel, pela primeira vez. Telas chinesas foram a primeira coisa que eu comprei”, disse ela. Ainda hoje, muitos designers de interiores e proprietários de casa continuam a sua apreciação de telas chinesas em seus próprios interiores. Eles funcionam em todo cômodo, mas ficam ótimos quando exibidas por trás de um sofá.

Chanel viveu aqui até sua morte em 1971, e tudo foi congelado no tempo. Ela não chegou a dormir no apartamento, e não há nenhum quarto no mesmo. Em vez disso, ela manteve uma suíte privada no Ritz, a poucos passos da maison.

O imóvel

Fotos: Reprodução

Continue Reading

O apartamento de Yves Saint Laurent

Em 1969, Yves Saint Laurent (01 de Agosto de 1936 – 01 de Junho 2008) e Pierre Bergé compraram um apartamento duplex na Rua de Babylone 55 em Paris, no Arrondissement VII. Durante várias décadas o par visionário acumulou uma das maiores colecções privadas de arte e antiguidades do mundo. Eles colecionaram o que eles realmente amavam e viveram com o que eles amaram. Enquanto os outros estavam seguindo as tendências modernistas, eles estavam adquirindo peças do período Art Déco. Eles eram, e ainda são, formadores de opinião em moda, arte, antiguidades e interiores.

Fotos: Reprodução / Fonte: Revista Vanity Fair (Dezembro de 2008)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Continue Reading