Princípios básicos da Organização

Você já fica cansado só de pensar em como pôr toda a sua casa em ordem? Em primeiro lugar, ponha de lado a idéia de que isso vai acontecer de um dia para outro, ou mesmo em uma semana. E lembre-se que o objetivo não é apenas concluir a arrumação e ver tudo em seus devidos lugares e organizado. A chave para uma casa mais organizada não é apenas jogar fora a maioria de suas coisas e esconder o resto em caixas bonitas (embora elas ajudem quando é a hora certa) –  é mais sobre como identificar e substituir práticas ruins com hábitos que irão ajudar a manter sua casa arrumada todos os dias. A melhor parte sobre o processo de organização é que não importa o cômodo que você está querendo arrumar, as regras são basicamente as mesmas – Aqui está um guia em quatro etapas para começar, que também inclui estratégias para impedi-lo de adiar ao longo do caminho.

1. Defina o seu espaço

Para cada cômodo que você quer organizar, pegue um caderno e vá a cada cômodo, fazendo anotações sobre as seguintes questões:

* Como o cômodo será utilizado por sua família? Será um espaço que a família utilizará como sala de jogos, sala de brinquedos ou sala de TV? Um escritório para um ou todos? Certifique-se de anotar todas as possíveis atividades, pois a atividade escolhida é que irá determinar o que ficará e o que irá embora, quando chegar a hora de classificar o conteúdo do quarto.

* Que tipo de objeto para armazenamento está disponível no cômodo? Prateleiras, gavetas, cômoda, armário, cestos e caixas? Um pufe com capacidade de armazenamento? A mesa de centro com gavetas?

* O que precisa ser guardado no cômodo que servirá de apoio à sua utilização? Brinquedos, jogos de vídeo? Livros, revistas? Equipamentos de informática?

* Qual é a sua meta para o cômodo?

* Será que os móveis combinam com o cômodo, ou deveriam ser realocados ou trocados?

2. Ordene Suas Coisas

A partir do momento que definir seu plano de organização, resolva apenas um cômodo de cada vez para não ficar sobrecarregado. Inicie o processo de organização, classificando os itens nas seguintes categorias:

Manter: Items usados regularmente.

Doar / Vender: Itens que não são mais utilizados ou são duplicados – coisas que você pode viver sem ou prefere dar a alguém.

Guardar: Estas são os objetos sentimentais que você deseja manter.

Jogar fora / Reciclar: Coisas que não são mais utilizáveis. Ficou preocupado se deve mesmo jogar fora? Se você gastar mais de 15 segundos pensando sobre pra que serve uma coisa, ou quando você o usou pela última vez, ou porque você ainda o tem, então você provavelmente não precisa dele.

Uma advertência antes de se livrar do excesso: Considere um uso secundário para as coisas que você está pensando em jogar fora.

3. Definindo a forma de armazenar

Depois que definir o que deve ser jogado fora ou doado, é momento de organizar os itens pretende manter. É importante a criação de “casas” ou “zonas” para manter a organização. Se você está sempre perdendo as chaves do seu carro, crie um lar para elas. Ganchos perto da porta, ou um pote atraente, em um lugar conveniente – veja o que funciona melhor para você. Tente estabelecer uma rotina de sempre colocar as chaves no local designado.

Etiquete todas as caixas que utilizou para armazenamento, e deixe a sua família saber onde as coisas estão localizadas. Se você tem filhos pequenos, coloque ganchos em alturas mais baixas para que eles possam pendurar suas jaquetas e bolsas.

4. Mantenha o foco

A procrastinação pode ter um efeito bola de neve – as pequenas coisas que você adia a cada dia poderão acumular até o ponto onde você estará perdido com o que você deverá fazer e verá sua lista de afazeres crescendo. Tente evitar o momento quando o seu planejamento de organização começar a deslizar, tome nota das seguintes dicas:

Estratégias Mentais

1. Tente se imaginar como você vai se sentir dentro do cômodo após a tarefa ou o projeto estiver completo.
2. Concentre-se no resultado desejado.
3. Imagine-se terminando a tarefa de forma simples, rápida e sem contratempos.
4. Elimine a palavra procrastinação de sua cabeça e tenha pensamentos positivos de “eu quero”, “eu posso”, e “eu gosto”.
5. Deixe de lado o perfeccionismo. Muitas coisas não valem a pena serem feitas perfeitamente, então apenas comece e faça o seu melhor.

Estratégias Físicas

1. A ajuda de um amigo na tarefa será muito útil, pois será um incentivador ao longo de sua meta.
2. Antes de começar o projeto, faço o estudo de suas anotações. Será útil e incentivador.
3. Execute as partes difíceis primeiro. Ou …
4. Execute as partes fáceis primeiro. O que mais lhe motivar é o que você deverá escolher para começar.
5. Mantenha uma lista do que já concluiu para que você não perca de vista o quanto você já realizou.
6. Divida seu projeto em pequenas partes administráveis e crie prazos para si mesmo ao longo do caminho.
7. Determine recompensas para si mesmo quando você terminar cada etapa ou quando você concluir o projeto.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *